Você está aqui: Home » Estudos Bíblicos » A Necessidade de Vivermos Cheios do Espírito Santo

Curta e Compartilhe este estudo em uma rede social!

 

 

Gl. 5, 16-26

Int.- Depois da conversão, do novo nascimento do Cristão, o próximo passo é buscar o batismo com o Espírito Santo. Que é um revestimento de poder, ou seja, uma imersão no Espírito. O batismo com o Espírito Santo é uma experiência gloriosa que o Cristão deve buscar para a sua vida.

A pessoa nascida de novo passa a ter o Espírito Santo habitando em sua vida. E consequentemente a manifestação do fruto do Espírito em sua vida, que é o caráter de Cristo na vida do Cristão. A manifestação do fruto do Espírito na vida do Cristão não depende de ser batizado com o Espírito Santo. O batismo com o Espírito Santo é uma indicação de que o Cristão rendeu-se completamente a Deus. Quando falamos em línguas estranhas, que é o sinal do batismo, indica que o Espírito de Deus assumiu o inteiro controle naquele momento da nossa vida. E o nosso grande desafio é vivermos cheios do Espírito Santo.

I- Os Três Inimigos que Temos.

1- O Primeiro é Satanás.

- Ele é chamado: o acusador; o adversário; o enganador; a fonte de todo o mal.

I Pe.5.8- Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

- Satanás é persistente na luta contra o Cristão.

- Temos que ser sérios e vigilante na luta contra satanás.

Jo.10.10- O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim pata que tenham vida e a tenham com abundância.

- A missão de satanás é roubar, matar e destruir.

I Jo.3.8- Quem comete o pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o principio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.

- Toda obra má que o diabo faz, Jesus veio para desfazer.

2- O Segundo Inimigo é o Mundo.

- O mundo com seus prazeres.

- O mundo com suas influências maléficas.

Tg.4.4- Adúlteros e adulteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

- O mundo é nosso inimigo.

- A Igreja caminha na contra mão do mundo.

I Jo.2.15-17- Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.

E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

3- O Terceiro Inimigo é a Nossa Carne.

- É a nossa natureza pecaminosa que procura nos dominar.

Rm.8.6- Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

- A carne é o nosso pior inimigo.

Rm.8.8- Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.

- Nós temos que lutar contra as paixões da carne.

- Não podemos aceitar passivamente as fraquezas da carne.

- Para vencermos a carne precisamos andar no Espírito.

V.16- Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne.

II- O Senhor Quer Que Sejamos Cheios do Espírito.

Ef.5.18- E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito.

- É um desejo e uma ordem imperativa de Deus para nós.

Rm.12.11- Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor.

- Tenha um coração fervente.

- Quer dizer cheio do Espírito.

- Sirva ao Senhor com graça, com unção.

A) Quando estamos cheios do Espírito:

- Temos alegria.

- Temos paz.

- Nos sentimos completos.

- Nos sentimos seguros.

- Vencemos os três inimigos: Satanás, o mundo e a carne .

- Servimos ao Senhor com prazer.

- Temos convicções das coisas espirituais.

B) O Grande desafio de nos mantermos cheios do Espírito.

Para termos a alegria completa de Deus em nossa vida é preciso estarmos cheios do Espírito Santo.

Para termos sucesso em todo o trabalho para Deus é preciso estarmos cheios do Espírito Santo.

Para termos uma vida cristã vitoriosa é preciso estarmos cheios do Espírito Santo.

Muitos Cristãos têm considerado o batismo no Espírito Santo o fim de uma jornada. Muitos julgam haver atingido o clímax. O batismo com o Espírito Santo não é um alvo final; antes é uma porta para admissão a uma vida mais profunda com Deus.

Precisamos de constante reenchimento para mantermos o poder e a unção, necessários para todos os dias de nossa peregrinação nesta vida.

Ef.5.18 diz: “Enchei-vos do Espírito”. No original literalmente diz: “Esteja de continuo sendo cheio do Espírito”.

III- Como Conservar-nos Cheios do Espírito.

1- Tendo Uma Vida de Oração.

A vida espiritual é semelhante ao navegar contra as forças da maré ou as correntezas de um rio. Se deixarmos de “remar”, o barco será levado para o rumo oposto.

As diferentes atividades e as diversas circunstâncias em que vivemos são o suficiente para o desgaste gradual dia a dia. A vida cheia do Espírito é mantida pela mesma prática de que resultou em sermos cheios pela primeira vez. A vida de oração e constante submissão a Deus é, e será sempre, o meio acertado para mantermos em nós o poder do Espírito.

2- Termos Uma Atitude Firme de Espera em Deus.

- Esperamos em Deus quando oramos.

- Esperamos em Deus quando nos propomos em obedecer-lhe.

- Esperamos em Deus quando procuramos fazer a Sua vontade.

- Esperamos em Deus quando praticamos ações dignas.

- Esperamos em Deus quando o amamos.

3- Quando Temos Uma Vida de Adoração.

Se fizermos da adoração uma prática na nossa vida diária; estaremos contribuindo para mantermos uma vida cheia do poder do Espírito e de abundantes bênçãos.

Tags:

 

© 2011 Luciano Santos | A Vitória é Nossa Pelo Sangue de Jesus diHITT - Notícias