Você está aqui: Home » Estudos Bíblicos » Cornélio, O Primeiro Gentio Salvo

Curta e Compartilhe este estudo em uma rede social!

 

 

At.10.1-6

Int.- Temos nesta passagem a história da primeira conversão de um gentio (aquele que não é judeu) narrada na Bíblia. Como Deus manifestou a sua Graça na salvação desse homem. A história de Cornélio é parecida com a história de muitos de nós, que procurávamos a verdade em muitos caminhos; mas fomos encontrá-la na pessoa do Senhor Jesus. Esta história mostra que Deus salva a qualquer um, não importa quem seja, basta o procurar.

I- Quem era Cornélio.

Cornélio era um centurião romano da antiga nobreza, destacado para a palestina, que se fixara em Cesaréia. Era um comandante de cem homens daquela divisão do exército romano. Era conhecido como homem temente a Deus. É certo que Cornélio se tornara um prosélito; que é um pagão convertido ao judaísmo.

Cornélio se tornou bem conhecido por suas esmolas e por suas orações, duas qualidades altamente recomendáveis na religião judaica.

II- O Caráter Espiritual de Cornélio.

1- Piedoso.

– Procurava seguir estritamente o que a lei judaica pedia.

2- Temente a Deus.

– Com toda a sua casa.

– Ele levava a sua família a honrar a Deus.

3- Generoso.

– Dava muitas esmolas aos pobres.

– Socorria os pobres.

– As boas obras não salvam, mas são aprovadas por Deus.

Ef.2.8,9- Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus.

Não vem das obras, para que ninguém se glorie.

4- Varão Justo.

V.22- E eles disseram: Cornélio, o centurião, varão justo e temente a Deus e que tem bom testemunho de toda a nação dos judeus.

– Cornélio procurava ser correto em todas as suas ações.

5- Orava a Deus.

– Orava continuamente.

– Não aos deuses pagãos: Júpiter, Juno, Vênus, mas ao Deus verdadeiro.
Mesmo tendo todas essas qualidades Cornélio não era salvo.
– Aqui mostra claramente que religião não salva ninguém.
– Cornélio não tinha a alegria da salvação.
– Do perdão dos seus pecados.
– E olha que é difícil fazermos o que Cornélio fazia.
– No mundo tem muitas pessoas boas, mas que não são salvas.
– Em Mateus 19 temos a história do Mancebo de Qualidade, um jovem rico; que era bom, ajudava as pessoas, cumpria os mandamentos da lei, mas não era salvo.
– Ser caridoso não leva ninguém ao céu.
– Praticar a justiça simplesmente não leva ninguém ao céu.
– O único caminho para se chegar ao céu é Jesus.
Jo.14.6- Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
– Para chegarmos a Deus precisamos de Jesus.
– Jesus é o elo, é o mediador entre Deus e os homens.
I Tm.2.5- Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem.
– Aqui Paulo fala que só existe um Deus, e só existe um mediador entre Deus e os homens.
– Maria não foi uma mediadora; Pedro também não e nenhum dos Apóstolos foram mediadores.

III- Por que Cornélio foi Salvo?

1- Porque ele desejou conhecer a verdade.

– Cornélio orava para que Deus lhe mostrasse a verdade.

– Oração não salva, mas conduz para aquele que salva: Jesus Cristo.

Jo.8.32- E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

– Temos visto na história que aqueles que buscam verdadeiramente a Deus o encontram.

– A pessoa pode estar praticando uma religião errônea.

– Mas se existe uma sinceridade e um desejo verdadeiro pela verdade, Deus se revelará e lhe mostrará o caminho.

– Aí você pergunta: Por que existem tantas pessoas praticando uma religião errônea, que não leva a Deus? Por que estão conformadas, aceitando aquele erro, e não estão procurando a verdade.
2- Cornélio mandou buscar quem lhe mostrasse a verdade.

V.33- E logo mandei chamar-te, e bem fizeste em vir. Agora, pois, estamos todos presentes diante de Deus, para ouvir tudo quanto por Deus te é mandado.

– Cornélio era humilde.

– Embora fosse um centurião romano e Pedro um simples pescador judeu, Ele obedeceu à ordem divina.

3- Ouviu o Evangelho.

– Cornélio reuniu toda a sua família e os amigos mais íntimos para ouvirem o Evangelho.

– Aquilo que é bom para você, você quer que os mais achegados recebam também.

Rm.10.17- De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.

– O sermão de Pedro foi curto, mas eloqüente, e o resultado eficaz.

V.44- E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.

– Não sobrou ninguém sem receber o Espírito Santo.

– Todos que ouviam a palavra foram contemplados com a presença do Espírito Santo.

– A benção de Deus é para toda a família.

– Por causa de Cornélio a família e todos os amigos íntimos receberam a salvação e a presença de Deus.

– Por causa de você, a sua família e seus amigos serão salvos.

4- Cornélio creu no Evangelho.

– Além de ouvir é necessário crer; quer dizer aceitar.

– Cornélio e todos os que ouviam a palavra foram salvos.

Hb.11.6- Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam.

– Esses foram os primeiros gentios a serem batizados no Espírito Santo.

– Tem muitas pessoas que ouvem a palavra, mas não deixam serem tocadas por ela. Não crêem; não aceitam.

Ap.3.20- Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.

– O segredo está em abrir a porta; abrir o coração.

5- Cornélio foi batizado nas águas.

Mc.16.16- Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

– Passou a ser uma nova criatura em Cristo Jesus.

II Co.5.17- Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

– Seu passado foi sepultado.

Conclusão: Cornélio era um militar do exército, um centurião; quer dizer um comandante; e abriu o coração para Deus e foi salvo. Mostrando que Deus pode salvar a todos que o buscam verdadeiramente.

Tags:

 

© 2011 Luciano Santos | A Vitória é Nossa Pelo Sangue de Jesus diHITT - Notícias